Público alvo: Pessoa em situação de rua;

Perfil: Pessoas heterogêneas que possuem em comum a pobreza extrema, os vínculos familiares interrompidos ou fragilizados e a inexistência de moradia convencional regular, e que utiliza os logradouros públicos e as áreas degradadas como espaço de moradia e de sustento, de forma temporária ou permanente, bem como as unidades de acolhimento para pernoite temporário ou como moradia provisória. (Fonte: DECRETO Nº 7.053 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2009.)

Levantamento: O último levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) realizado em 2017, aponta que mais de 101 mil pessoas vivem em logradouros públicos e áreas degradadas. E dados da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, em novembro de 2017, mostram que 12.000 pessoas vivem na cidade do Rio de Janeiro e que quase 90% dessas pessoas são homens.

Propósito: E nesse cenário de mendicância e toxocodependência, a IBM dedica-se a dar a estas pessoas a oportunidade de uma vida digna, produtiva e baseada nos princípios cristãos. Como agência de transformação social e disseminação do Evangelho, o Ministério Atos de Bondade elaborou o Projeto Trilhos de  Bondade, orquestrado por Deus e desenvolvido por uma equipe comprometida.


Projeto Trilhos de Bondade

 O que pretendemos?

A restauração da dignidade da pessoa em situação de rua, através de aconselhamentos individuais, acompanhamento espiritual, de uma experiência com Deus e oferecer oportunidade de reinserção social e familiar;

Por que fazer?
  1. Para atender a uma ordença do Sr. Jesus: “Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amei.” Jesus (Jo 13:34);
  2. Para diminuir e amenizar o sofrimento das pessoas em situação de rua;
  3. Para resgatar a dignidade, a cidadania e a esperança (por uma vida melhor);
  4. Para contribuir para integração e inserção social;
Onde fazer?

Na IBM às 17h, todos os domingos; na rua Cardoso de Morais, esquina com a rua Adail, em Bonsucesso às 20h, todas às quintas-feiras e, eventualmente em baixo do viaduto que dá acesso ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, no Galeão na Ilha do Governador;

Como fazer?

A primeira fase do Projeto consistiu (nos primeiros contatos) na distribuição de lanches e roupas, na rua, associada com uma palavra no próprio local onde se encontram, com o objetivo de trazer alimento e refrigerio

A segunda fase já com a confiança conquistada e conhecendo (um pouco) a sua história, a pessoa passou a receber alguns cuidados básicos da área da saúde, física, emocional e espiritual, a tentativa de busca de laços familiares, tentativa de reinserção social e profissional, de valorização de suas habilidades profissionais e acesso à IBM, a fim de oferecer os serviços disponíveis: jantar aos domingos, banho, lanche, estudo da Bíblia, culto, retiro espiritual, encaminhamento para centro de recuperação, churrasco, cinema na IBM, passeios. O objetivo é contribuir para a saúde física, emocional e espiritual de cada pessoa.

A terceira fase consiste em apresentar um plano individual para a sua vida, a partir do conhecimento da sua história, com aconselhamentos, acompanhamento espiritual e encaminhamentos à profissionais para cada necessidade: psicólogo, assistente social, médico, dentista,  tendo atividades de alfabetização, esportivas; musicais. O objetivo dessa fase é a criação de uma nova expectativa de vida, com novos pensamentos, o desejo de sair das ruas, deixarem os vícios e melhorar a sua qualidade de vida.

A quarta fase é o empreendimento da reinserção social, no mercado de trabalho e familiar (a pessoa já com documentos, podendo participar de cursos profissionalizantes, conseguirem um emprego, uma moradia, encaminhamento a um centro de recuperação, exercer o seu papel de cidadão, o retorno à escola aos que desejarem e a aproximação do vínculo familiar, com o objeto do seu retorno ao convívio da família); a equipe caminhará com a pessoa até que consigam se manter sozinho.

A quinta fase a pessoa livre da dependência química e/ou alcoólica, com um emprego, com um local para morar e um padrão mínimo de espiritualidade. O objetivo é acompanhar a pessoa para evitar não ter recaída e manter-se firme.

A sexta fase convidamos aquelas pessoas recuperadas para fazer parte da equipe e auxiliar a buscar novas vidas para serem libertas e salvas. O objetivo dessa fase é tornar a pessoa referência para outras pessoas.

Quem vai fazer?

A equipe do Ministério Atos de Bondade da IBM.


Você também pode fazer parte deste Projeto. Como?

Quero orar:

Favor deixar o seu nome, e-mail e telefone que enviaremos os nomes das pessoas do projeto para oração. Esses nomes são distribuídos entre várias pessoas.

Nome/E-mail/Telefone/Whatsapp. Envie aqui seus dados

Quero contribuir financeiramente:

Banco Bradesco | Agência: 3184-4 | Conta Poupança: 0114506-1 | CNPJ: 03.642.858/0001-48

Obs.: Favor utilizar o código de identificação: acrescentando no valor da doação R$ 0,50. Assim essa contribuição irá para o Projeto

Quero participar:

Favor deixar o seu nome e telefone que entraremos em contato

Nome/Telefone Envie aqui seus dados

Quero doar roupas / calçados:

Favor doar somente roupas boas e limpas. (Não pode ser nova). As roupas deverão ser entregues na IBM

Estrada Governador Chagas Freitas, 750 – Moneró -RJ

 

Deixe um comentário