II Ato Profético

Veio sobre mim a mão do Senhor; ele me levou pelo Espírito e me deixou no meio de um vale que estava cheio de ossos, Ezequiel 37.1-14

 

Este texto trata de uma visão que Ezequiel teve quanto a falta de esperança e recomeço do povo de Deus. Israel estava sem direção e perspectiva.

O profeta Ezequiel nos ensina quanto as atitudes que devemos ter diante do Mundo, Sociedade e da Cultura Contemporânea que vivemos.

O Ato Profético tem como objetivo influenciar o meio que vivemos, levando as pessoas para os braços de Deus e para um relacionamento consistente com o Pai.

Quando nos referimos ao Mundo, falamos do estilo de vida adotado pela humanidade decaída no pecado e o seu desejo que continuar neste processo. Estes princípios e valores orientam a vida e as decisões de cada pessoa.

Diante deste fato, Deus levanta a igreja para ter uma atitude de fé, movida pela sua Palavra e seus princípios espirituais.

Nasce então o Ato Profético, conforme as orientações no livro de Ezequiel (falar “o que vai acontecer com eles”).

Esta AÇÃO (Ato Profético) aponta sempre para o Reino de Deus, e para os sinais que Deus pode realizar na vida daqueles que permitem a sua intervenção.

Alguns passos necessários para termos uma atitude de fé e um Ato Profético em nossas vidas:

  • Quando há uma promessa ou ordem direta de Deus – Então profetizei conforme segundo me fora ordenado – v 7
  • Quando há uma Ação direta de Deus em minha vida – A mão do Senhor nos conduz para um lugar que está em seu coração v 1
  • Quando o Espirito Santo Confirma – Ele me levou pelo Espírito e me deixou no meio de um vale v 1
  • Quando há um diálogo com Deus, e é ele que começa – Então me pergunto v 1
  • Quando acontece um pequeno ruído – Enquanto eu profetizava, houve um ruído – 7

O Ato profético influência as circunstâncias e situações da vida com a aprovação de Deus.

O que você precisa fazer é crer e praticar em sua vida e na vida das pessoas que estão ao seu redor. Você é a boca de Deus em todos os lugares para mudar e profetizar nas vidas e famílias que estão sofrendo.

De seu amigo e pastor,

Fábio Zambaldi

ESPÍRITO CONTAGIANTE

“… Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão, porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.”

 Romanos 8.13 e 14

 

O que seria uma pessoa de espírito contagiante? É aquela que é guiada pelo Espírito Santo. Se juntar os dois verbos: “viverão” e “guiados”, pode-se concluir que o Espírito Santo, quando habita em alguém, traz a vida de Deus para a realidade das pessoas e que, na prática, a Sua presença poderá se transformar em uma influência permanente e crescente.

Para viver de forma contagiante você deve ser contagiado pelo Espírito Santo. Mas o que o poder do Espírito Santo pode fazer em você?

  1. CONSAGRAR OS SEUS SENTIDOS. (Lucas 11.34)

Que os seus sentidos sejam dominados pelo Espírito Santo. Olfato, tato, visão, paladar e audição completamente consagrados. Que os seus sentidos sejam completamente dedicados e exclusivos de Deus. Que você tenha percepções espirituais por meio dos seus sentidos.

  1. TRANSFORMAR O SEU CARÁTER. (2 Coríntios 3.18)

O Espírito Santo é capaz de fazer com que você tenha um caráter aprovado, como o apóstolo Paulo ensina a Timóteo: “Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade.” (2 Timóteo 2.15)

  1. POTENCIALIZAR SEU ENTUSIASMO. (2 Coríntios 4.16)

Sua motivação deve ser contagiante a ponto de favorecer as pessoas que estão em sua volta.

  1. MULTIPLICAR SUAS HABILIDADES. (Efésios 2.10)

Mesmo em dias de poda, o objetivo final do Espírito Santo é multiplicar suas habilidades para que sua prosperidade na Terra, esteja em sintonia com a prosperidade do Reino de Deus. (João 15.5)

  1. MELHORAR SUAS OPINIÕES. (Provérbios 1.7)

Você tem opinião para tudo? Ou você nunca opina em nada? Você pode construir muito se as suas ideias e opiniões forem ajustadas aos princípios da palavra de Deus.

  1. PURIFICAR SUAS INTENÇÕES. (Salmos 19.14)

Deus sempre busca em primeiro lugar aprovar nossas intenções. Seus critérios são opostos aos nossos. (1 Samuel 16.7)

  1. MUDAR SUA VISÃO. (2 Reis 6.17)

Deus quer que você enxergue o sobrenatural, mesmo que aos olhos naturais seja impossível.

 

O Espírito Santo quer transformar por completo sua vida. Deixe ser guiado por Ele. Mas, para que isso ocorra, você deve proporcionar a abertura de todas as áreas de sua vida, ou seja, cada cômodo do seu coração deve estar com livre acesso, para que Ele entre e purifique. Sendo assim, Ele terá liberdade de usar você para contagiar outras pessoas que estão em sua volta.

 

“Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio.”     

2 Timóteo 1.7

Min. Saint Clair

MENTE CONTAGIANTE

Nós, porém, temos a mente de Cristo.” 

1 Coríntios 2.16

 

A mente é o lugar do nosso corpo mais enigmático, uma pequena massa acinzentada, que é responsável diretamente pelas nossas ações, sejam elas boas ou ruins. Embora grandemente estudada, nossa mente ainda é a parte menos conhecida, explorada e por isto menos usada. As possibilidades da mente humana são incríveis. É na mente que ocorrem as batalhas espirituais.

Se sairmos de casa sem escovar os dentes ninguém quer conversar conosco, e precisamos cuidar da saúde dos nossos dentes, porém com a nossa mente não é diferente, se nós não cuidarmos dela ninguém nos aguenta.

O que vivemos, ou seja, nossas experiências ficarão para sempre registradas. Entenda que o registro não depende do EU e tudo que está registrado não pode ser apagado.

Então, como devemos proteger nossa mente e mantê-la saudável?

 

1º) EVITE A SOLIDÃO: Pv 18.1

     2º) FUJA DOS PENSAMENTOS DESTRUTIVOS: Mt 7.21

     3º) LIBERTE-SE DA MÁGOA E AMARGURA: Ef 4.31

          4º) LIBERTE-SE DOS VÍCIOS E DEPENDÊNCIAS: Jo 8.34

          5º) TERMINE SEUS RELACIONAMENTOS DESTRUTIVOS: Sl 1.1

Para que você viva uma vida contagiante é necessário ter uma mente transformada da seguinte forma:

 

1º) LIVRE: Jo 8.36

2º) ALTRUÍSTA: Fp 2.4

3º) FIRME NA FÉ: 2 Co 5.7

4º) BOA: Mt 12.35

5º) SATISFEITA: Fp 4.12-13

 

Uma mente satisfeita não se mete em intrigas! Ao proteger sua mente, você protege suas emoções. Cuidado! Seu principal inimigo pode estar dentro de você mesmo. Uma mente doente contamina todo o corpo. Mentes doentes, influenciadas pelo diabo foram capazes das piores atrocidades da humanidade. Quando temos uma mente contagiante podemos passar por dificuldades, mas vamos tirar sempre o melhor.

Portanto, temos que buscar a cada dia renovarmos nossos pensamentos, através da oração, leitura da Palavra de Deus e jejum, consagrando nossa vida na presença do Senhor e renunciando os desejos e prazeres da carne, para que possamos desfrutar da excelente vontade de Deus, conforme descrito em Romanos 12:2.

Min. Gianni Milene

O Poder de uma Visão

“..estes homens que têm causado alvoroço por todo o mundo , agora chegaram aqui..”

Atos 17:06

 

Uma caracteristica comum presente em todas as pessoas que influenciaram multidões, é a crença total na visão que eles tinham. Tanto Martin Luther King como Adolf Hitler acreditavam no que falavam e viviam baseados naquilo que cada um pensava ser verdade (por mais que não fosse como no caso de Hitler). O perigo de uma visão é que ela pode influenciar pessoas mesmo sendo visão de morte.

. Os homens citados no texto bíblico em Atos 17 acreditavam tanto na visão, que Jesus os tinha dado, que eles eram conhecidos e faziam-se conhecer por causa dessa visão. O alvorço causado  por eles era por causa da visão que tinham. A visão do reino de Deus, dentro deles, causava alvoroço onde quer que eles fossem.

Toda visão, necessariamente, precisa gerar algo dentro daquele que acredita na visão e vive por ela. Podemos dizer que toda a visão precisar gerar:

  • Motivação: A unção de Davi por Samuel (1 Sam 16:13) motivou Davi a crer que ele não era um esquecido ou sem futuro e sim o próximo rei de Israel. E por mais que ele fosse enfrentar problemas e dificuldades a visão implantada dentro dele desde o dia da unção ia motivá-lo a prosseguir;
  • Transformação/Mudança: A visão que Paulo teve de Jesus (Atos 9:3-5) fez com que ele fosse transformado de um Judeu perseguidor de cristãos a um cristão perseguido por Judeus;
  • Esperança: O texto de Eliseu e Geazi no 2 Reis 6:15-17 mostra que sempre existem duas visões, a terrena e a celestial. A terrena sempre revela o que os olhos podem ver (por mais lógico que isso pareça), onde a visão alcança. A visão celestial revela como Deus vê a mesma cena só que na perspectiva dEle. A visão celestial que Geazi teve pemitiu que ele tivesse esperança em Deus;
  • Perpetuação: Uma visão dada por Deus é uma visão vivida. Os grandes projetos e sonhos que Deus tem pra nós e que nos são dados em visão, precisam ser vividos completamente e até o fim dos nossos dias.

Qual a visão que Deus tem te dado? O que tem motivado a sua vida? Toda vida possui uma visão celestial de Deus para ela, o problema é que em muitas vezes não queremos essa visão celestial e isso nos limita a visão terrena de tudo.

Procure em Deus a visão que Ele tem para você. Não se acomode com a visão terrena que seus olhos vêem pois ela não mostra a imagem completa.

O PERFIL DAQUELE QUE TEM UMA VISÃO CAPAZ DE INFLUENCIAR O MUNDO.

Aprendemos que o perfil daquele que tem uma visão capaz de influenciar o mundo possui algumas propriedades importantes.

O primeiro ponto que vimos foi que a pessoa com esse perfil compreende que existem duas realidades: A realidade terrena e a realidade espiritual. A realidade espiritual deve ser considerada em todo tempo em nossa caminhada pois existem coisas que não conseguimos com nossas forças. Existem questões que nosso intelecto não responde. Quando temos essa compreensão nos tornamos mais dependentes de Deus e percebemos que aquilo que não podemos fazer Ele pode!

O segundo ponto  que vimos foi que a pessoa com esse perfil possui uma experiência individual com Deus. Vimos como exemplo a vida de Jó, que afirmou depois de uma experiência pessoal: “Antes eu te conhecia só por ouvir falar, mas agora eu te vejo com os meus próprios olhos. ”.

Jó precisou ter uma experiência com Deus para que alguns defeitos em sua visão fossem corrigidos e então Ele pudesse conhecer Deus mais profundamente. Ele precisou sair da superficialidade de só ouvir. Ele precisou ter uma visão aperfeiçoada de Deus.

Ver Deus com nossos próprios olhos e ter uma experiência com Ele gera em nós convicções importantes para fortalecimento da nossa fé. Quando temos uma compreensão correta da pessoa de Deus, então entendemos que Deus não nos abençoa por causa do que somos ou fazemos. Ele nos abençoa por causa de quem Ele é. E isso deve gerar em nós uma busca incessante para melhorarmos a cada dia como servos e filhos amados de Deus.

O terceiro ponto é que aquele que tem esse perfil é capaz de olhar para fora de si mesmo e ter uma visão do mundo ao seu redor. Uma visão que enxerga além das próprias necessidades.

Uma visão capaz de influenciar o mundo, não é guiada pelo que vê, mas por fé e enxerga com clareza as circunstâncias, as pessoas, as próprias condições e isso porque possui discernimento.

Que Deus nos ajude a ter esse perfil para que possamos influenciar o mundo segundo a vontade Dele.

Quézia Tavares

O Avivamento Virá

Uma visão Capas de Influenciar o Mundo:

“…um só espírito, como uma só alma, lutando juntos pela fé evangélica…”. Filipenses 1.27

 

Chegamos ao fim da Campanha dos 40 dias de Jejum e Oração pelo Avivamento Verdadeiro cheios de expectativas e sonhos quanto a nossa vida espiritual e o mover do Espírito Santo.

Estudamos seis temas referentes ao avivamento e seus níveis de influência e transformações na igreja, nas pessoas, lugares, cidades Estados e Municípios.

Entendemos que o avivamento acontece de dentro para fora e que as nossas atitudes referentes a Deus e ao próximo são pontos importantes para o Espírito Santo de Deus se mova em nossas vidas.

Precisamos manter o que iniciamos e o que já conseguimos até agora. Não podemos esfriar e muito menos deixar de buscar à Deus com intensidade para termos experiências com Ele.

Ao lermos em Provérbio 4.20-27 e Salmos149.5-6, aprendemos que existem alguns princípios:

  • O avivamento produz um desejo da busca de Deus.
  • O avivamento produz um abalo no poder das trevas.
  • A igreja começa a orar mais, se humilhar e buscar a Deus

Se você é líder ou deseja ser um líder avivado

  • Seja cheio do Espírito Santo – I Coríntios 2.4-5 e Atos 6.3
  • Seja um homem ou mulher de Oração – Marcos 1.35
  • Tenha um bom procedimento – I Coríntios 11.1
  • Seja firme na pregação, tanto para ouvir como para pregar – II Tm 4.2

Estes princípios ou alicerces nos ajudaram nesta caminha e busca por uma Avivamento Verdadeiro em nossas vidas.

Existe um texto que pode expressar muito bem a nossa busca e o avivamento que acontecerá na vida daqueles que desejam, Isaías 32.15 diz: Até que sobre nós o Espírito seja derramado do alto, e o deserto se transforme em campo fértil, e o campo pareça uma floresta.

O texto sagrado está separado de forma gradativa, crescente e multiplicador:

  1. Até que sobre nós o Espírito seja derramado do alto – A Ação do Espírito Santo na vida daquele que busca
  2. e o deserto se transforme em campo fértil – O primeiro resultado é na vida daquele que estava vivendo em um deserto espiritual, que se tornar um campo fértil
  3. e o campo pareça uma floresta – O segundo resultado é o crescimento, saindo de campo para florestas. Neste momento, já temos condições de abrigarmos pessoas e ajuda-las em sua caminhada.

O nosso desejo e oração é que você não pare diante das barreiras e dificuldade que podem surgir. Tenha objetivos e metas para que a sua vida seja agraciada com a presença e manifestação do Espírito Santo todos os dias.

De seu amigo e pastor,

Fábio Zambaldi

OS RESULTADOS DO AVIVAMENTO

RESULTADOS DO AVIVAMENTO NA VIDA PESSOAL

“Eu vim para que tenham vida e a tenham plenamente”.  Jo. 10:10b

Com a chegada do avivamento, nossa vida espiritual fica mais profunda, e começamos a crescer em maturidade espiritual.

Atitudes que provocarão em nós mais desejo pelo avivamento:

1) Andar dia a dia com Deus

Jesus nos chama a andar com Ele, em comunhão diária, numa amizade profunda, como filhos segurando na mão do Pai.

2) Menos da carne e mais do Espírito Santo (Gl. 5:19-25)

3) Definição do Chamado

Um dos sinais claros do avivamento espiritual é o desejo de fazer a vontade de Deus, e um impulso interior de que outros também experimentem aquilo que o Senhor tem feito em nossas vidas.

4) Direção de Deus para a vida

No dia a dia, nas decisões, nas atitudes, nos pensamentos…em TUDO ouviremos a voz especial do Espírito Santo.  Isaías 30:21

RESULTADOS DO AVIVAMENTO NA FAMÍLIA

1) Com avivamento há mais AMOR  (1 João 4:7,8,20,21)

2) Com avivamento há mais compreensão  (Fl. 2:3,4)

3) Com avivamento há mais PAZ (Rm. 8:6)

4) Com avivamento há mais UNIDADE (Fl. 2:1,2)

RESULTADOS DO AVIVAMENTO NA IGREJA

Atos 1:8

1) A Igreja será cheia do poder do Espírito Santo

2) A Igreja fará novos discípulos

3) A Igreja terá um grande avanço missionário

4) A Igreja fará mais diferença na sociedade (Mateus 5:13-16 )

RESULTADOS DO AVIVAMENTO NO MUNDO

“E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”.   IICr. 7:14

O avivamento produz um abalo do poder das trevas. Satanás e seus demônios entram em desespero quando vêem o povo de Deus orando, se humilhando e buscando a Deus.

O PAPEL DOS PASTORES E LÍDERES NA BUSCA DO AVIVAMENTO

“Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e com inteligência”. Jeremias 3:15

Algumas qualidade que devem ser marcas para os pastores e líderes:

Cheio do Espírito Santo (I Co. 2:4,5)

Homem de Oração (Mc. 1:35)

Bom procedimento (I Co. 11:1)

Firme na pregação da Palavra (II Tm. 4:2)

O AVIVAMENTO VIRÁ

“Até que sobre nós o Espírito seja derramado do alto, o deserto seja transformado em campo fértil, e o campo fértil pareça uma floresta”. Is. 32:15

“Eu lhes envio a promessa de meu Pai; mas fiquem na cidade até serem revestidos do poder do alto”. Lc. 24:49

Não podemos ficar somente nestes 40 dias de Jejum e Oração.

Jamais esteja contente com sua vida cristã. Deus tem muito mais a fazer através das nossas vidas.

Não permita que esta chama de busca de avivamento se apague!

Permaneça firme no jejum, oração, santificação e crescimento espiritual!

Ande com Deus todos os dias de sua vida!

Produza frutos, fazendo novos discípulos de Cristo!

Com certeza o avivamento virá!

Com certeza veremos o povo proclamando: SÓ O SENHOR É DEUS!

EXEMPLOS BÍBLICOS DE AVIVAMENTO

Podemos observar no Antigo Testamento vários relatos de avivamentos, sempre como resultado de uma crise. O povo de Israel, na época dos reis, infelizmente se afastava de Deus e começava adorar outros deuses feitos por mãos humanas.

 

1º Exemplo: ELIAS E OS PROFETAS DE BAAL (I Rs 16:30-33 e 18:36-39)

A idolatria do rei Acabe levou o povo a prestar culto a Baal, fazendo o que era mal aos olhos do Senhor, gerou uma crise, onde houve uma miséria espiritual. Deus levanta Elias para profetizar uma seca durante três anos, como consequência do pecado. Deus responde a oração de Elias, fazendo cair fogo do céu e queimando todo o holocausto, diante dos profetas de Baal. O culto de adoração a Deus foi restaurado e Elias mata todos os profetas de Baal.

2º Exemplo: O AVIVAMENTO NA INAUGURAÇÃO DO TEMPLO (II Cr 5:13-14)

Salomão tinha consciência que necessitava trazer a Arca da Aliança para o templo, pois ela era o símbolo da presença de Deus. Hoje em dia, existem várias igrejas totalmente decoradas, com diversos tipos de equipamentos de ponta, com excelentes preletores, porém longe da presença de Deus.

3º Exemplo: AS PROMESSAS DE DEUS NA INAUGURAÇÃO DO TEMPLO (II Cr 7:14)

Deus quer que o seu povo se humilhe, ore, busque a Sua face e se converta dos maus caminhos, para que Ele ouça do céu, perdoe os pecados e sare a sua terra. Precisamos de fazer a nossa parte para que o Senhor opere o milagre.

4º Exemplo: O AVIVAMENTO TIRA DA ESCRAVIDÃO (Es 7, 8, 9 e 10)

Um dos avivamentos ocorreu quando o povo de Israel estava no exílio da Babilônia, longe de Deus, envolvidos com os costumes daquela nação. Porém, o Senhor soberanamente tocou nos corações dos líderes da Babilônia e permitiram que os israelitas voltassem para Jerusalém e restaurassem o templo e adoração a Deus.

5º Exemplo: O PODER DA PALAVRA NO AVIVAMENTO (Ne 8)

A leitura da palavra fez com que o povo tivesse fome e sede de Deus. Eles estudaram e aplicaram a palavra, com o auxílio dos levitas. A Palavra trouxe convicção do pecado, trazendo o arrependimento nos corações e quebrantamento.

 

 

6º Exemplo: RESTAURAÇÃO DO CULTO A DEUS (II Cr 29)

O rei Ezequias foi usado por Deus para restaurar a adoração e os sacrifícios no templo. Existem igrejas que precisam ter seus cultos restaurados, abrindo mão dos rituais e tradições humanas, por uma adoração genuína, em espírito e em verdade.

7º Exemplo: A VITÓRIA SOBRE OS INIMIGOS (II Cr 20)

Devemos ter a atitude do rei Josafá, que em meio a situação fora de controle, ele consultou a Deus, reconhecendo que dependia somente de Dele. Josafá se humilha, louva independente das circunstâncias e a vitória chega.

Min. Gianni Milene

Uma Visão Capaz de Influenciar o mundo

“…um só espírito, com uma só alma, lutando juntos  pela fé evangélica…”.  Filipenses 1.27

“Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, alegrai-vos.” (Filipenses 4:4)

Paulo a carta aos Filipenses – Chamada: A Carta de Alegria

A carta de Paulo aos Filipenses foi chamada a mais doce dos escritos, ele expõe seu próprio coração e gratidão aos irmãos. Escrita em aproximadamente 62 d.C. da prisão em Roma. A Igreja é fundada na cidade Filipos na segunda viagem missionária de Paulo. Essa Igreja ajudou no inicio do evangelho na Macedônia, mandaram oferta para os irmãos em Tessalônica não somente uma vez, mas duas vezes, o bastante para todos. Epafrodito vai levar uma oferta a Paulo, que a igreja mandou, ele fica doente, Paulo cuida dele e escreve a carta, amorosa, ele esta alegre com a igreja e seus feitos.

É mês de festa, completamos mais um aniversário com muita alegria, somos uma igreja que ajuda com um coração voltado para viver o Evangelho genuíno e a obra missionária. Somos muito parecidos com os irmãos em Filipos, se houver diferenças, são insignificantes em coisas essenciais, Deus esclarecerá.

Devemos aplicar:

  • O Amor pelo Evangelho – Fp 1.21
  • Viver de um modo Digno – Fp 1.27a
  • Padecer por Cristo – Fp 1.29
  • Palavra da Vida – Fp 2.16

Devemos evitar:

  • Partidarismo – Fp 2.3
  • Reclamações e Brigas – Fp 2.14

Cuidado – Alerta!

  • Cuidado com a Falsa Doutrina – Fp 3.2a
  • Fazer a obra com desleixo – Fp 3.2b
  • Cuidado com o Legalismo – Fp 3.2c
  • Instável – Fp 4.1
  • Ansiosos – Fp 4.6

Uma Visão capaz de Influenciar o mundo: tem que viver a maior expressão de amor e o maior exemplo – Jesus Cristo o nosso Salvador.  A grande seção Cristológica – Kenosis – natureza de Cristo – Filipenses 2:5-11

  • Verdadeira Vocação – Alvo é Cristo – Fp 3.12-14
  • Caráter de Cristo – Fp 3.17
  • Não abandona a Fé (apóstata)- Filipenses 3.18
  • Têm bons pensamentos na Mente – Fp 4.8
  • Põe em Prática o Evangelho de Cristo – Fp 4. 9

 

Parabéns IBM, sejamos alegres sempre no Senhor! Deus abençõe!

 Ministra Patrícia Sabbatino

OS IMPEDIMENTOS AO AVIVAMENTO

Aprendemos nesses dias que o avivamento é uma intervenção do Espírito Santo, no sentido de nos conduzir de volta para Deus. Sempre que uma ação de Deus está ocorrendo encontramos oposição do nosso adversário. Satanás significa opositor e sempre se opõe aos planos de Deus, colocando armadilhas e arquitetando modos e estratégias para tentar conter o avivamento.

Deus tem nos ensinado estratégias espirituais para vencermos “as astutas ciladas do diabo”. Mas, é necessário entender como o nosso adversário costuma agir e que tipos de ações costuma realizar.

O nosso arqui-inimigo, Satanás, foi o primeiro a pecar. Ele é enganador (Ap 12.9), mentiroso (Jo 8.44), veio para roubar, matar e destruir (Jo 10.10); anda ao nosso derredor buscando nos fazer mal (1Pe5.8-9).

Alguns impedimentos ao avivamento:

1 – Nutrir certo preconceito sobre o avivamento devido a experiências negativas e por não compreender o seu verdadeiro sentido.

O avivamento verdadeiro pode ser compreendido à luz da Carta de Paulo aos Gálatas 2.20 – “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.”

  • “fomos crucificados com Cristo”– significa que o lugar do EU (ego, vontade) é na cruz. Precisamos fazer morrer o nosso egoísmo e dar lugar ao senhorio de Deus em nossas vidas.
  • “Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim” – Cristo deve tomar o seu lugar de honra. Naturalmente, abro mão de tudo para que Ele tenha a primazia e seja tudo em mim.

2- Uma escatologia negativista

A escatologia é a parte da Teologia que estuda o final dos tempos. Há quem não creia no avivamento devido à interpretação errônea de textos do NT, especialmente Mt 24.12-14.

3 – Comodismo e Tradicionalismo

Há pessoas que não gostam de mudanças e estão acomodadas na sua zona de conforto, pois sabem que o avivamento exige entrega de todas as áreas da nossa vida para Deus (Ef 5.14).

Todos nós temos tradições e elas são importantes e bem vindas. Mas quando rotulamos as pessoas e valorizamos mais coisas em detrimento das pessoas, nos tornamos tradicionalistas (Mc 7.6-9; Cl 2.8).

  • O Diabo não quer ver os Crentes Avivados (Ef 6.10-18). Quando ele percebe que o povo começa a orar por avivamento, já inicia sua preparação para colocar obstáculos.
  • Temores ao Avivamento (At 20.22-24). Quando andamos com Deus, temos uma segurança extraordinária. Deus não permite uma prova além do que possamos suportar. Ele está no controle de todas as coisas, por isso não devemos temer pessoas nem situações.
  • Púlpitos Fracos (II Tm 4.1-5). Um dos impedimentos ao avivamento é que alguns dos nossos púlpitos estão fracos e mornos com pregações para agradar homens e não para proclamar as verdades da Palavra de Deus. O púlpito deverá ser um grande instrumento para a chegada do avivamento espiritual.

Glorificamos a Deus pela nossa Igreja ser um lugar de Bênção e Transformação, onde estamos debaixo de uma liderança pastoral cheia da unção do Espírito Santo.  Nosso amado Pastor Fábio Zambaldi, a equipe pastoral, ministros e ministras, líderes e professores de EBD têm demonstrado que desejam viver um verdadeiro Avivamento Espiritual, se consagrando, orando e buscando a face do nosso amado Jesus!

Deus os abençoe!

Ministras Celia Lisboa e Patrícia Sabbatino