O que é Avivamento Espiritual?

Avivamento Verdadeiro (40 dias de Jejum e Oração)

 

Novos desafios são lançados constantemente para todos nós em todos os lugares.

Neste caso, somos desafiados à despertar para um avivamento genuíno, transparente, verdadeiro e eficaz.

Sabemos das dificuldades e das barreias que enfrentaremos para conquistar este novo momento em nossas vidas e ministério.

A proposta deste estudo, é olharmos para os nossos pecados e tratá-los como pecados.

Em muitos casos, vemos pessoas andando de mãos dadas como o pecado que lhe trará a morte (Romanos 8.13).

Cremos que esta campanha nos ajudará a compreender melhoro que Deus deseja de cada um de nós.

Já estudamos nesta primeira semana:

  1. O Avivamento Verdadeiro;
  2. Quem Gera o Avivamento é Deus e não o homem;
  3. O derramar do Espírito Santo;
  4. As evidências da presença do Espírito Santo;
  5. O capítulo 29 de Atos
  6. Avivamento é a vida de Cristo em nós.

Estes passos são necessários para o início de nossa jornada na busca pelo agir de Deus e a sua intervenção em nossas atitudes e vida espiritual.

O meu desejo e oração é que você participe desta campanha para provar mais de Deus. Que você leia o livro, os textos bíblicos, participe da Celebração de quarta, de uma célula e cresça.

Vamos pedir para Deus intervir na IBM, em nossa comunidade, Bairro, Município, Estado e País. Habacuque 3.2

 

De seu amigo e pastor,

Fábio Zambaldi

IGREJAS QUE TIRAM GRANDE PROVEITO DA MÍDIA

Estamos em uma época que as mudanças acontecem rapidamente e quase não conseguimos acompanhar.

Estas mudanças nos ajudam em todas as áreas de nossas vidas, mas, quando não sabemos utilizar, podem atrapalhar.

Diante destas mudanças, encontramos a igreja que precisa contextualizar a sua mensagem sem perder os princípios bíblicos e seus valores.

Nunca foi tão necessário se atualizar como em nossos dias. Tudo é feito por um celular ou internet.

A igreja precisa se apropriar destes materiais e ferramentas para que sua evangelização e sua missão seja mais eficaz, rápida e com um alcance maior.

Hoje podemos falar e ensinar para mais de um milhão de pessoas ao mesmo tempo sem precisar de um espaço físico para comportar todos.

Cremos que a Mídia é uma ferramenta de Deus para otimizar o tempo e levar mais informação, formação, orientação, direcionamento, oração, leitura da Palavra e o evangelismo.

Utilize estas ferramentas para falar do amor de Deus. Divulgue o que sua igreja e Ministério faz, para que outras pessoas tenham a mesma experiência que você.

Divulgue a página da IBM, pois nela temos mensagens, pedido de oração, vídeos de celebrações, ensinamento, devocionais, programações, entretenimento, células, Web Rádio e todas as ações da Igreja.

Vamos falar do amor de Deus através das Mídias que Ele nos proporcionou.

 

Todavia, andemos de acordo com o que já alcançamos. Filipenses 3.16

 

De seu amigo e Pastor,

Fábio Zambaldi

Igrejas que prevalecem, são as que a permanência do Pastor Titular é duradoura

“Tendo, pois, Davi servido ao propósito de Deus em sua geração, adormeceu, foi sepultado com os seus antepassados e seu corpo se decompôs. Atos 13:36
Nenhum Reinado ou liderança de período longo é sinônimo de sucesso, MAS OS DE CURTO PRAZO, DEFINITIVAMENTE NÃO SÃO!! (Pr. Carlito Paes)
Pastores e lideres das Igrejas que prevalecem estão convictos da missão que Deus lhes confiou por longos anos, servindo com a excelência de Davi:
1) Conhecem o Propósito de Deus, assim como Jesus que tinha noção de sua missão:
E ele lhes disse: Vamos às aldeias vizinhas, para que eu ali também pregue; porque para isso vim. Marcos 1:38
2) Estão dispostos a permanecer no Ministério
Independente das crises que aparecerem, dificuldades, obstáculos, vão escolher estar a frente, terão orgulho em tatuar o peixinho no coração. (Fabio Zambaldi.)
3) Ficam tempo duradouro Pastoreando
Cuidam com amor, zelo de suas ovelhas interessando-se por elas, suas necessidades e acompanhando-as.
4) Ficam Tempo Duradouro para Liderar
A LIDERANÇA VAI ALÉM É A PREOCUPAÇÃO EM MENTOREAR NOVOS LIDERES PARA PASSAR O BASTÃO, PREPARO E CAPACITAÇÃO DE SUCESSORES QUE NÃO LEVARÃO A VISAO A DERIVA e tem nítido o seu papel de líder: GANHAR CONSOLIDAR DISCIPULAR ENVIAR.
Por melhor que seja seu ministério será o tempo de passar o bastão. Que no seu e no meu ministerio quando for o tempo de passar o bastão, nossos sucessores estejam prontos em continuar com excelencia a Grande Visao para o qual fomos chamados: SER BENÇÃO NA VIDA DE PESSOAS ALCANCANDO-AS PARA O REINO, AFIM DE SE TORNAREM NOVOS LÍDERES, RELEVANTES NA VIDA DAS PESSOAS DENTRO E FORA DA IGREJA.

IGREJAS QUE ENVOLVEM SEUS NOVOS MEMBROS DE FORMA DIRETA NA VIDA ORGÂNICA DA IGREJA

Estejam prontos para servir, e conservem acesas suas candeias. Lucas 12.35

 

Integrar pessoas em industrias, empresas, faculdades, escola, trabalho, setor, ministérios e igrejas tem sido um desafio constante e para os líderes e todos que estão envolvidos neste processo.

O ser humano tem uma necessidade de ser aceito e integrado no meio em que vive, por isso vemos muitas pessoas tentando de alguma forma fazer parte de um grupo que ela escolheu ou que tem o seu perfil.

Vemos que a Bíblia nos apresenta algumas situações que mostram pessoas que ao chegar nas reuniões, celebrações e até mesmo em casas não sabiam o que fazer para pertencer ao grupo ou ministério. Neste caso, Deus usou homens que orientaram e ajudaram na aproximação e inclusão de cada pessoa que chegava através da pregação da Palavra.

Em Mateus 4.17-23 e Atos 9.10-19, aprendemos alguns princípios para exercer este ministério e envolver cada novo membro do corpo de Cristo.

Quando Paulo aceito a Jesus, não sabia o que fazer e como fazer. Não entendia o que era Jejum, oração, buscar a Deus, quem era Jesus e todo o processo de salvação.

Deus levantou a Ananias e Barnabé para ajudar Paulo neste processo de envolvimento no cristianismo e no relacionamento com a igreja e os discípulos. Paulo cresceu rápido e foi bem direcionado na comunhão com os irmãos e pode exercer o seu ministério com êxito.

Se exercitarmos o que Ananias e Barnabé fizeram com Paulo, teremos grandes homens e mulheres de Deus em nossas igrejas e ministérios.

Princípios:

  • Entender que é o Espírito Santo que equipa os membros das igrejas como seus dons.
  • A Igreja é um Corpo não uma empresa, um organismo não uma organização
    Todos os ministérios devem funcionar visando a alcançar o bem-estar e o crescimento do Corpo de Cristo.
  • Equipar os cristãos para o ministério deve ser a prioridade número 1 dos pastores e ministros de Deus.
  • Todo líder também é um aprendiz.
  • O líder não estará pronto para participar de um ministério até estar disposto a servir em qualquer área.

Estes princípios podem nos ajudar a melhorar o nosso relacionamento com as pessoas que estão chegando em nossa igreja para amar, adorar e servirem a Deus.

Todas as pessoas sempre serão mais importantes do que qualquer coisa, estrutura ou organização.

Seja um Ananias ou Barnabé na vida de alguém que está aprendendo andar com Cristo. Ensine os passos e as atitudes que ele (a) precisa tomar para se relacionarem com Deus, com a Palavra, com as pessoas e a igreja.

 

De seu amigo e Pastor,

Fábio Zambaldi

Igrejas que Investem na Formação e Mentoria de seus Líderes (Parte II)

Hebreus 13. 7-9 e 14-17

 

Assim, Paulo ficou ali durante um ano e meio, ensinando-lhes a palavra de Deus.
Atos 18.11ª .

 

A liderança e a mentoria são ferramentas de Deus para um crescimento mútuo entre os irmãos.

Cremos que em todas as etapas da liderança existem algumas coisas que precisamos observar:

  • Fornecer o suporte necessário para que todos os trabalhos sejam desenvolvidos com excelência;
  • Confiar responsabilidades aos líderes
  • Permitir que às pessoas exerçam a sua criatividade
  • Não forçar a fazer o que não combina com os seus dons espirituais e as habilidades naturais dela
  • Permitir que deixem ou mudem de ministérios graciosamente, sem sentimento de culpas

Desta forma, começamos o processo de discipulado na vida daqueles que são liderados por nós.

Neste processo, é importante manter-se firme nas doutrinas Bíblicas, pois desta forma, não iremos ter falhas em nosso crescimento espiritual. Neste caso, a doutrina que temos pode nos ajudar ou destruir a nossa caminhada na fé, por isso é que temos muitas pessoas que desistem.

Sempre estamos aprendendo para melhorarmos o nosso desempenho pessoal, profissional e espiritual. Fazendo assim, iremos provar da ação de Deus em nossa vida e ministério.

Busque sempre a Deus, seja você líder ou liderado. Não deixe o seu coração endurecer, pois assim, você impedirá o mover do Espírito Santo de Deus.

 

De seu amigo e pastor,

Fábio Zambaldi