O Doador de Amor

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
João 3:16

“Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.”
1 João 4:8

AMOR: Afeição profunda a outrem, a ponto de estabelecer um vínculo afetivo intenso, capaz de doações próprias, até o sacrifício.

  • Qual a origem do amor?  DEUS.

Quatro tipos de amor:

  • ÁGAPE – amor divino, amor cristão;
  • ESTORGE – amor de família;
  • PHILEO – amor expresso em amizade, caridade, afeição e fraternidade;
  • EROS – amor físico e sensual, aplicado à relação entre homem e mulher na perspectiva conjugal.

Nós amamos porque ele nos amou primeiro.  Se alguém afirmar: Eu amo a Deus, mas odiar seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.  Ele nos deu este mandamento: Quem ama a Deus, ame também seu irmão.”     1 João 4:19-21

“Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros”. João 13:34-35

Segundo Agostinho de Hipona: “A medida do amor é amar sem medida”. Devemos amar sem esperar algo em troca.  O amor não é definido pela forma como nos sentimos em relação aos outros, mas como nos comportamos em relação a eles.  E, ainda, comportamento é uma questão de decisão, pautada na razão (Romanos 12:1-2). Então devemos amar de forma consciente.  John Stott, pastor e escritor anglicano, relata o seguinte: “O amor é mais serviço do que sentimento”. Tem que haver atitude, quando se ama, ou seja, não só de palavras, mas de ação.

Na primeira epístola de Coríntios, capítulo 13, versos 4 a 7, o apóstolo Paulo descreve um Hino do Amor, traçando as características de um amor verdadeiro e sacrificial, que serve de parâmetro para todo cristão.

Sua vida é fruto do amor de Deus. Você tem amado a todos que Deus o tem chamado a amar? Pense nisto.

Ministro Saint Clair

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *