3º Ato Profético

Josué 7.10-14

Primeiro vamos relembrar o que é Ato Profético e o seu significado bíblico:

  • O Ato Profético influencia as circunstâncias e situações da vida com a aprovação de Deus já determinada com promessas;
  • São ações determinadas por nossa fé através das promessas que Deus já declarou e permitiu que tivéssemos.

Três anos que estamos realizando o Ato Profético na IBM, com o objetivo de eliminarmos tudo aquilo que é necessário para o nosso crescimento espiritual.

O texto de Josué nos ensina que devemos retirar ou eliminar algumas coisas que temos em nossa casa, escritório ou nos lugares que convivemos com a nossa família.

Muitas vezes quando entramos em uma casa para morarmos (seja própria ou alugada) não temos o costume de orar e consagrar a Deus.

Nos momentos das refeições, as orações servem para agradecer a Deus pelo alimento e ao mesmo tempo para consagrar.

O mundo espiritual existe e precisamos acordar para esta realidade, pois a nossa luta é espiritual.

Na celebração de quarta aprendemos algumas verdades:

O que precisamos eliminar dos lugares que vivemos?

  • Bem mal adquirido
  • Coisas condenadas
  • Ídolos dos lares
  • Consulta a espíritos
  • Brinquedos
  • Sentimentos ou emoções

Alguns textos que nos orientam quanto às verdades que aprendemos:

  • 2 Reis 23.24
  • Ezequiel 21.21
  • Habacuque 2.9
  • Josué 7.10-14

 

De seu amigo e pastor,

Fábio Zambaldi

O Doador de Esperança

“O lugar onde está o seu coração determinará a sua esperança.  Se é somente para esta vida que temos esperança em Cristo, dentre todos os homens somos os mais dignos de compaixão.”  I Coríntios 15:19

As más notícias fazem as pessoas se tornarem pessimistas. Então, devemos anunciar as boas novas do Evangelho para dar esperança a todos que estão desanimados.

O desespero é o contrário de esperança. Quem tem esperança sabe esperar e suportar dificuldades. O homem desesperado não consegue enfrentar as dificuldades. Muitas pessoas estão sofrendo e até mesmo doentes, porque se decepcionaram no decorrer da caminhada perdendo sua esperança.

Nossa Esperança está em Deus e vem de Deus, que é a nossa única garantia de que podemos vencer. O coração que se afasta do Senhor está incapacitado de experimentar a real esperança.

Como ter esperança?

Algumas atitudes que nos ajudam a buscar esperança:

  • LEMBRAR DE COISAS BOAS: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.”  (Lamentações 3:21)
  • CUIDAR DA MENTE:  “Nós, porém, que somos do dia, sejamos sóbrios, revestindo-nos da couraça da fé e do amor e tomando como capacete a esperança da salvação.” (I Tessalonicenses 5:8) 
  • ORAR: “Ponha a boca no pó; talvez ainda haja esperança.”  (Lamentações 3:29)
  • CONFIANÇA EM DEUS: “Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR.”  (Jeremias 17:7)
  • PURIFICAR-SE: “E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro.”  (I João 3:3)
  • FALAR: “Antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós.” (I Pedro 3:15)
  • CUMPRIR O CHAMADO: “Iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos.”  (Efésios 1:18)

Sua fé não está baseada somente naquilo que Jesus fará por você nesta vida, mas, sobretudo, naquilo que espera na eternidade. Aí está a nossa esperança real. Se a sua esperança é Cristo o seu foco deve estar sempre na eternidade.

Graça e Paz,

Ministra Gianni Milene

O Doador de Amor

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
João 3:16

“Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.”
1 João 4:8

AMOR: Afeição profunda a outrem, a ponto de estabelecer um vínculo afetivo intenso, capaz de doações próprias, até o sacrifício.

  • Qual a origem do amor?  DEUS.

Quatro tipos de amor:

  • ÁGAPE – amor divino, amor cristão;
  • ESTORGE – amor de família;
  • PHILEO – amor expresso em amizade, caridade, afeição e fraternidade;
  • EROS – amor físico e sensual, aplicado à relação entre homem e mulher na perspectiva conjugal.

Nós amamos porque ele nos amou primeiro.  Se alguém afirmar: Eu amo a Deus, mas odiar seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.  Ele nos deu este mandamento: Quem ama a Deus, ame também seu irmão.”     1 João 4:19-21

“Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros”. João 13:34-35

Segundo Agostinho de Hipona: “A medida do amor é amar sem medida”. Devemos amar sem esperar algo em troca.  O amor não é definido pela forma como nos sentimos em relação aos outros, mas como nos comportamos em relação a eles.  E, ainda, comportamento é uma questão de decisão, pautada na razão (Romanos 12:1-2). Então devemos amar de forma consciente.  John Stott, pastor e escritor anglicano, relata o seguinte: “O amor é mais serviço do que sentimento”. Tem que haver atitude, quando se ama, ou seja, não só de palavras, mas de ação.

Na primeira epístola de Coríntios, capítulo 13, versos 4 a 7, o apóstolo Paulo descreve um Hino do Amor, traçando as características de um amor verdadeiro e sacrificial, que serve de parâmetro para todo cristão.

Sua vida é fruto do amor de Deus. Você tem amado a todos que Deus o tem chamado a amar? Pense nisto.

Ministro Saint Clair

O Doador de Autoridade

“Chamando os doze para junto de si, enviou-os de dois em dois e deu-lhes autoridade.”  Marcos 6.7

Em Lucas 10:19, Jesus diz: “Eis que vos dei autoridade para pisardes em serpentes e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo, e nada absolutamente vos causará dano”.

 Quando você faz as pazes com a autoridade, você recebe autoridade.

Jim Morrison

AUTORIDADE é poder delegado

Não há respeito aos educadores, pais e autoridades militares.

Enquanto a sociedade vira as costas para o PRINCÍPIO DE AUTORIDADE ESTABELECIDA POR DEUS, o caos é visto e sentido nas ruas, nas escolas, nos lares e nas igrejas.

Diante destas dificuldades, se faz necessário aprendermos sobre a autoridade que Deus nos dá para influenciarmos as pessoas e o meio que vivemos.

A Bíblia nos dá orientações quanto a autoridade:

  • A autoridade dada por Deus é o tipo de autoridade mais importante, ao mesmo tempo, a menos compreendida;
  • No início da criação, Deus deu autoridade espiritual a seus filhos;
  • O Segredo para manter a autoridade que Deus nos Deus através de Jesus é a SANTIDADE;
  • É uma autoridade que não pode ser criada pelo homem;
  • Ninguém tem o direito de intitular-se AUTORIDADE ESPIRITUAL sem que a tenha recebido de outra autoridade superior – I Samuel 13.8-14 (Jesus recebeu autoridade do Pai).

DEUS

SETA

JESUS

SETA

APÓSTOLOS

Cristo deu a você autoridade para que você realize seu ministério e cumpra o seu chamado.

Pessoas rebeldes não reconhecem a autoridade como algo vindo do Senhor:

  • Como eles não a respeitam, nunca terão em sua vida;
  • O Rebelde sempre está na periferia;
  • Não é respeitado pelos homens, tampouco pelo mundo espiritual.

Aplique estes princípios bíblicos em sua vida e você verá o que Deus vai realizar em você e através de você.

USE A AUTORIDADE QUE DEUS TE DEU

De seu amigo e pastor,

Fábio Zambaldi

O Doador da Unção

“E vós possuís unção que vem do Santo, e todos tendes conhecimento.”  I João 2.20

Aprendemos que a Unção que é o revestimento do Espírito Santo de Deus na vida daqueles que aceitaram a Jesus como Salvador.  A Consagração e a busca são fatores que irão influenciar no desenvolvimento e crescimento espiritual.

Na mensagem, afirmamos que o filho de Deus não pode deixar faltar a unção em sua vida.  A unção faz com que ele dependa mais de Deus em suas ações e nas decisões que são tomadas no percurso de sua vida.

Fizemos alguns apontamentos, são eles:

  • A Unção tem a ver com a consagração e busca dos filhos de Deus;
  • Quando não falta a unção tudo pode ser resolvido;
  • Devemos pedir a Deus a multiplicação da nossa unção;
  • A unção parada nunca resolverá nada;
  • Da mesma forma que você recebeu a unção de Deus, seja você também um canal para TRANSMISSÃO da unção na vida de outros.

Devemos entender a unção como presente de Deus para as nossas vidas e como algo que deve ser cultivado para que possa transbordar no meio em que vivemos.

Não devemos ter medo de buscar a unção, pois é bíblico e importante para exercermos o nosso ministério e crescimento.

Nesta quarta lembramos que o ano de 2017 já está terminando e que devemos, nestes dois meses, analisar o que temos alcançado.

DEIXE O AZEITE DE DEUS FLUIR ATRAVÉS DE VOCÊ

 

De seu amigo e pastor,

Fábio Zambaldi

O Doador de Dons

“Ora, os dons são diversos, mas o Espírito é o mesmo.”  I Coríntios 12.4

Sabemos que a igreja de Cristo é formada por seus diversos membros e que cada um recebeu um Dom do Espírito Santo de Deus.

Os dons servem para que a igreja seja edificada e funcione em harmonia e equilíbrio.

Os dons são manifestos conforme a vontade do Espírito Santo, de acordo com o grau de intimidade com Deus e também com a busca e o desejo de crescimento de cada um.

Em I Coríntios 12.4-11 vemos uma lista:

  1. Palavra de sabedoria;
  2. Palavra de conhecimento;
  3. Fé;
  4. Dons de cura;
  5. Operação de milagres;
  6. Profecia;
  7. Discernimento de espíritos;
  8. Línguas;
  9. Interpretação de línguas.

Aprendemos que existem alguns princípios e verdades:

  • Os dons precisam ser cultivados por meio do crescimento espiritual e do nosso relacionamento com Deus
  • Deus é infinitamente sábio e ciente em quais dons você será mais produtivo para o seu Reino
  • Os dons servem para encorajar e edificar uns aos outros

Não devemos acreditar que há uma hierarquia entre os dons, que aqueles que tem um dom mais visível, seja mais espiritual do que outro. Não funciona assim no mundo espiritual.

Efésios 4.12 e 13:

12 – Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;

13 – Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo

 

De seu amigo e pastor,

Fábio Zambaldi

O Grande Doador da bênção

“ Vocês foram chamados para receberem benção por herança”  I Pedro 3.9

Traga à  memória as bênçãos presentes e não foque no que ainda não chegou.

“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.   As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade.”  Lamentações 3:21-23

Benção é um assunto próprio do nosso grande Pai, o Doador por excelência.  Está no cerne de Sua Natureza ser generoso em abençoar todos os Seus filhos.  Há apenas um requisito para que você receba toda sorte de bênçãos do Grande Doador: a Obediência.

“Se vocês obedecerem fielmente ao Senhor, ao seu Deus, e seguirem cuidadosamente todos os seus mandamentos que hoje lhes dou, o Senhor, o seu Deus, os colocará muito acima de todas as nações da terra.  Todas estas bênçãos virão sobre vocês e os acompanharão, se vocês obedecerem ao Senhor, ao seu Deus.” Deuteronômio 28.1-2

Vivemos em um tempo em que pessoas visam e perseguem a bênção a todo custo. Participam de todas as campanhas possíveis.  O problemas é que alguns não conseguem alcançá-la a todo custo. Mas por quê?   “Se ouvirdes a voz do Senhor teu Deus, então virão sobre ti e te ALCANÇARÃO todas estas bênçãos…”  A bênção sempre vem por trás, ou seja, é ela que nos alcança!  Não adianta correr atrás dela.  Ela possui esta característica singular: nos alcança pelas costas.

Diria então que a receita é:  “Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido.”  João 15.7

Pessoas se frustram por “não serem abençoadas”.  A questão é: VOCÊ já é abençoada!

O Grande Doador já o abençoou com toda sorte de bênçãos.

O que você tem feito de forma prática para abençoar os outros?

Ministra Cristina Arantes

O Grande Doador da prosperidade

O que a Bíblia fala sobre prosperidade?

“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. ”
Salmos 1:1-3

Uma árvore precisa ser saudável por dentro para poder dar bons frutos.

A prosperidade do lado de fora é uma consequência da prosperidade interior.

Se formos prósperos por fora e não formos prósperos por dentro então, inevitavelmente, nosso “sucesso” é enganoso, frágil e passageiro.

O que a bíblia fala da prosperidade exterior: “Não acumulem para vocês tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem e onde os ladrões arrombam e furtam. Mateus 6:19

A prosperidade interior é verdadeira e inabalável e independe de circunstâncias.

“Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura.  Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade.  Tudo posso naquele que me fortalece. ”Filipenses 4:12,13

Raízes saudáveis garantem: Frutos vistosos, saborosos e longevidade da planta.  Da mesma forma quando o nosso interior é tratado por Deus prosperamos em todas as áreas da nossa vida.

Que o Senhor Jesus continue nos tratando por dentro para que possamos ser homens e mulheres prósperos.  E então vermos se cumprir em nossas vidas a Sua palavra: “dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. ”

 

Ministra Quézia

Revestido de Unção e Poder

Errais, não conhecendo as escrituras nem o poder de Deus.  Mateus 22.29

Isaías 61.1-4 – “Senhor me ungiu…”

Nesta quarta, foi o enceramento da Campanha Poder de Deus para as nossas vidas.  Na campanha aprendemos muito sobre princípios e valores espirituais que estão dentro da Palavra de Deus.

Falamos sobre a Unção que é o revestimento do Espírito Santo de Deus na vida daqueles que aceitaram a Jesus como Salvador.  O Poder já é a manifestação de Deus na vida daquele que recebeu a unção.

Não podemos negar que muitos de nós estamos esquecendo de exercer a nossa fé, unção e poder de Deus para curar e ajudar pessoas que estão necessitando da manifestação de Deus.

Não podemos esquecer que :

  • A unção é a chave para o crescimento pessoal;
  • A vida ou o Ministério ungido leva-nos a ter contato como poder necessário para a transformação pessoal;
  • Avida de poder é uma vida de permanência em Cristo;
  • Revestidos do poder do alto Atos 1.8;
  • Preciso de Unção e Poder para ter ousadia no domínio dos milagres e no impossível.

Todos os temas foram preparados para o nosso crescimento e despertamento espiritual na vida e ministério.

Estude suas anotações, compartilhe com outras pessoas que participaram da Campanha. Tenha um momento de oração e busque a presença de Deus em todos os momentos de sua vida.

Participar das celebrações, TLC, Treinamento, EBD, Células, Encontros, Orações, Consagração, Acampamento e Congressos da IBM te ajudará nesta nova caminhada e novo momento.

De seu amigo e pastor,

Fábio Zambaldi

Realizando as obras do Pai

Errais, não conhecendo as escrituras nem o poder de Deus. Mateus 22.29

O qual nos habilitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do espírito, porque a letra mata, mas o espírito vivifica.
E, se o ministério da morte, gravado com letra em pedras, se revestiu de glória, a ponto de os filhos de Israel não poderem fitar a face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, ainda que desvanecente.

Como não será de maior glória o ministério do Espírito?  II Coríntios 3.6-8.

Realizar as obras do Pai deve ser um dever da igreja neste mundo.  Aparentemente estamos realizando as obras de Deus, mas quando começamos a estudar a Palavra de Deus, observamos que reproduzimos algo que automático e muitas vezes sem vida.

Jesus nos ensinou os passos necessários para realizarmos as obras de Deus aqui na terra.  Estes passos servem para não perdemos o foco e avançarmos para que Deus se manifeste através de nós e de sua igreja.

Alguns princípios:
1. Fazer as obras do Pai e destruir as obras do Diabo – Para isto se manifestou o Filho de Deus, para destruir as obras do diabo.  I João 3.8
João 10.10 – O Ladrão vem somente para roubar, matar e destruir;
2. A algumas pessoas vivem servindo a Deus sem jamais conhecer o seu coração – Jó 42.5;
3. Se você quiser matar gigantes, ande com matadores de gigantes – II Samuel 21.15-22 – Estes quatro nasceram dos gigantes em Gate; e caíram pela mão de Davi e pela mão de seus homens.  V 22;
4. Os dons são as armas espirituais para realizar as obras do Pai.

No dia 29 de agosto estaremos em alguns bairros da Ilha do Governador para destruirmos as obras do diabo na vida das pessoas e dos bairros.  Venha participar!

A FÉ SEM OBRAS É MORTA
TIAGO 2.18-26

De seu amigo e pastor,
Fábio Zambaldi